Nvidia abre código de Drivers para Linux

 

Nvidia abre o código de parte do driver da GPU pra Linux

Algumas semanas atrás fomos surpreendidos com a notícia de que a Nvidia abriu o código de alguns Drivers de placa de video, o que significa é claro um grande avanço nessa relação que já foi conturbada ao ponto de Linus Torvalds mandar aquele dedinho não muito gentil pra Nvidia.

Até o momento as distribuições Linux possuem Drivers de vídeo para Intel e AMD de código abertos, por isso, caso você tenha um GPU dessas e instale uma distribuição Linux, o Driver já será instalado e carregado automaticamente. Mas o mesmo não ocorre com o Nvidia, que possui seus Drivers de código fechado, forçando um trabalho extra por parte dos criadores das distros, não só de “facilitar” a instalação do mesmo, como de tentar fazer que o mesmo funcione bem. Claro que a engenharia reversa acaba auxiliando um pouco nessa parte também, mas não é uma solução definitiva.

Existe também um esforço da comunidade Linux para desenvolver os drivers Nouveau, que são de código aberto e contam com um certo auxilio por parte dos desenvolvedores da Nvidia. Mas as reclamações quanto a qualidade dos mesmos são grandes, eu mesmo sempre que tive uma GPU Nvidia ao meu alcance, recorri aos Drivers de código fechado pra rodar um Davinci Resolve por exemplo, que não roda pelo Nouveau.

Essa abertura de código com certeza deve melhorar a compatibilidade dos Drivers Nouveau em um futuro não muito distante, ou até mesmo levar a uma junção do Driver de código aberto com o de código fechado no Linux, claro que pra isso acontecer, será necessário que a Nvidia abra mais partes do código, pois até o momento apenas os módulos direcionados ao Kernel que foram abertos, os executados em nível de usuário continuam fechados.

Esse esforço da Nvidia vêm pra facilitar o uso de chips gráficos dos supercomputadores que são amplamente usados em datacenters, visando otimizar uma série de aplicações além do conteúdo gráfico. O que vai acabar ajudando os demais usuários Linux que usam uma GPU Nvidia em suas máquinas.

Mediante a isso a Canonical, Red Hat e a SUSE já começaram a se mexer pra aproveitar essa novidade e implementar em seus sistemas obtendo algum benefício quanto ao desempenho pra poder explorar de maneira comercial otimizando seus serviços. O que vai acabar refletindo em melhorias no Ubuntu, Fedora, OpenSUSE e seus derivados (além das demais distribuições Linux que devem incorporar tais melhorias é claro). 

Usuáriosde sistemas como o Fedora por exemplo geralmente têm muita dor de cabeça quando precisam instalar o Driver Nvidia, até fiz um vídeo no canal auxiliando nessa etapa, mas como tutoriuais como esse nem sempre funciona para todos, essa abertura de código deve melhorar o suporte em casos como esse também. e caso queira conferir, segue o vídeo:



Ficou surpreso com essa decisão da Nvidia? Já esperava algo assim? Deixe aqui nos comentários 😀

Postar um comentário

0 Comentários