Virtualizando o macOS Monterey no Linux

virtualizando o mac OS Monterey no Linux
 

Através dessa matéria mostro como virtualizar o macOS Monterey no Linux, na verdade, ela se trata de um complemento do vídeo que fiz lá no canal do youtube, pois aqui estão os comandos usados por lá, e caso você tenha dúvidas sobre alguma etapa do procedimento, creio que o vídeo unido a essa matéria vão lhe ajudar.

Antes de mais nada você precisa ter o QEMU e os seguintes pacotes instalados no seu sistema:
 

qemu uml-utilities virt-manager dmg2img git wget libguestfs-tools p7zip

Após ter os mesmos rode o seguinte comando:


git clone --depth 1 --recursive https://github.com/kholia/OSX-KVM.git

Então vamos entrar na pasta com:

cd OSX-KVM

E então rodar o comando via python:

./fetch-macOS-v2.py

Agora é só colocar o número referente a instalação do mac OS que queremos fazer, aqui no meu caso será a 5 Monterey.

Quando o dowload estiver completo vamos converter o arquivo dmg em img com o seguinte comando:

qemu-img convert BaseSystem.dmg -O raw BaseSystem.img

Agora chegou o momento de criar o disco virtual com o mac OS, e vamos fazer isso com o seguinte comando:

qemu-img create -f qcow2 mac_hdd_ng.img 128G

Você pode alterar o tamanho da unidade virtual. 128 GB é apenas um exemplo. Além disso, se, por qualquer motivo, você quiser mudar o nome da imagem do disco de mac_hdd.img para outra, semp problemas mas você também terá que altarar o arquivo OpenCore-BS.sh para apontar para o novo nome da imagem.

Agora podemos iniciar a instalação. Mas antes disso, vamos editar o arquivo OpenCore-Boot.sh e adicionar mais RAM (por padrão, está configurado para usar apenas 3 GB):
 

nano OpenCore-Boot.sh

Agora pra iniciar a instalação é só rodar o comando:

./OpenCore-Boot.sh

E pronto, você já será levado ao particionamento do mac OS pra instalação.

Note: Durante o processo de instalação, sua máquina virtual será reiniciada e inicializada novamente. Quando isso acontecer, escolha o macOS Installer para continuar a instalação até aparecer entre os discos o nome que você criou lá no particionamento dos discos. (isso deve acontecer duas vezes)

E pronto, basta seguir a instalação conforme o vídeo lá do canal e já terás o macOS Monterey virtualizado ai no seu sistema Linux.

Postar um comentário

0 Comentários