Sistemas que me surpreenderam em 2021

Sistemas que surpreenderam como macOS moterey, Fedora 34, Feren OS
 

Final do ano chegando e através dessa matéria falo a respeito dos sistemas que me surpreenderam nesse ano de 2021, fiz uma reflexão dos sistemas que quando instalei ou testei, me causaram uma sensação de ual 😮😮😮 QUE SISTEMA! E através dessa matéria conto pra você.

Bodhi Linux


Bodhi Linux se trata de um sistema pra PC fraco, com 2 G de RAM, processador dualcore ou siglecore

Esse sistema, me surpreendeu pela pegada Zen dele não ser apenas no visual, pois sim, ele trás um proposta zen até visualmente falando, mas ele vêm prometendo um baixo consumo de recursos pra quem possui um PC com poucos recursos, o famoso PC fraco.

Ele é baseado no Ubuntu e traz sua própria interface gŕafica chamado Moksha uma palavra de origem no sânscrito que significa “emancipação". Essa interface é baseado no Enlightenment-17, que possui seu sistema completo de bibliotecas gráficas (EFL), não utilizando portanto nem GTK e nem QT.

Mas não se engane, a equipe do Bodhi Linux, se baseou no E17 apenas para seu ponto de partida, fazendo correções de bugs, adaptando recursos de versões futuras do Enlightenment, bem como a removendo itens incompletos/quebrados que a interface E17 padrão continha. ISso criou uma interface gráfica que consome poucos recursos de seu PC, e ao mesmo tempo consegue ter alguns efeitos que são o suficiente pra lhe entregar um desktop atraente. Leve e bonito ao mesmo tempo ual! 😮

Manjaro Deepin

Manjaro com DDE a interface do Deepin
 
Esse sistema entrou na minha lista, por conseguir entregar a interface do tão amado e odiado sistema Deepin, em um sistema base Archlinux fácil de usar, como é o caso do Manjaro. 
 
Já tentei, ou melhor, já instalei a interface DDE no Fedora por exemplo, e ele durou uns dois dias apenas, antes de quebrar sem que eu fizesse nada mais no sistema, além de atualizar. Mas no caso do Manjaro é diferente, a comunidade fez uma bela mescla, que está funcionando muito bem, e como a interface DDE é bonita, estando a funcionar bem no Manjaro, me causou aquele 😮😮😮 que Sistema bonito!

macOS Monterey

macOS Monterey com recurso controle universal
 
Quem acha que a Apple parou de inovar após a morte de Steve Jobs, está muito enganado. Um recurso do novo macOS Monterey não só me fez dizer 😮 como também me fez parar tudo, pra fazer uma review dele.

A Apple disponibilizou um recurso chamado controle universal, que possibilita arrastar arquivos em até 03 dispositivos que estejam próximos, como se fosse uma única tela. Se quiser vê-lo melhor em ação, só conferir no vídeo a seguir.
 

Feren OS

Feren OS seria o novo Linux Mint com Kde?
 
Outra grata surpresa de sistema esse ano, me foi o Feren OS, esse sistema é baseado no Ubuntu e teve uma mudança de área de trabalho principal, deixando o Cinnamon e passando pro KDe-Plasma, mas ele levou junto alguns Apps como o gestor de arquivos Nemo (o que acaba causando a críticas de alguns por não usar o Dolphin mesmo estando no Plasma).
 
Ele faz uma mistura entre Qt GTK que achei bem interessante, espero que eles consigam aprimorar ainda mais a integração dos programas com sua interface, pois ele já é comentado como uma opção Linux Mint que deixou a interface Kde de lado, seria o Feren OS o novo Linux Mint com Kde? 🤔 Comenta aí depois que gostaria de saber sua opinião.

Havoc-OS

Havoc-OS room como opção ao Android 
 
E como estou falando de sistemas, não limito apenas a computadores e notebooks, afinal de contas, smartfones também têm sistema Operacional, não é mesmo? E esse também foi o ano de fazer root no meu smartfone, um Xiaomi Mi A3, pra instalar uma room customizada e ver como fluía nele. A minha primeira parada foi a LineageOS, mas a room que causou um 😮, foi a Havoc-OS. Essa room deu um up no meu aparelho tão grande, que parece que troquei de smartfone. 
 
O desbloqueio fácil está mais rápido, assim como o por digital, a tela está mais responsiva, tenho menos travamentos, e parece que essa room fez meu aparelho ficar mais rápido do que era antes. Estou muito satisfeito com a Havoc-OS, só uma capinha nova pra meu smartfone ser outro mesmo, pois até película de vidro nova já ganhou.

Fedora 34

Spin do Fedora 34  com Cinnamon
 
O Fedora 34 foi outro sistema que me surpreendeu, pelo simples motivo de, voltar a poder ser instalado na minha máquina, tanto por suportar a mesma ( pois a versão 33 não suportava), e por eu não utilizar mais nesse momento uma GPU da Nvidia (pois a minha parou de funcionar), consegui colocar o Fedora 34 como meu sistema padrão novamente (e com interface Cinnamon). Pois antes editava meus vídeos com o Davinci Resolve, que necessita de um driver Nvidia para funcionar, e o mesmo não instalava de jeito nenhum na minha máquina, o que me fez ficar mais de um ano longe do Fedora. Sendo que tenho um caso de amor com essa distro, pois foi por causa dela que criei esse blog aqui, que mais tarde deu origem ao canal no Youtube. 

Big Linux

Sistema fácil de instalar e customizar sendo brasileiro? Isso mesmo! O Big Linux foi a minha grata surpresa nesse ano de 2021, tanto é que fiz vídeo dele da nova versão base Manjaro, e até fiz um vídeo de como instalar ele, de tão fácil que achei.

O Big Linux traz diversas frases indicando onde o usuário deve ir, deste a instalação do sistema, é como se ele pegasse o usuário pela mão e o guiasse em cada passo, isso com certeza me surpreendeu, fazendo se tornar minha nova indicação pra quem está chegando agora no mundo Linux.

Pop!_OS

 
Pop!_OS 21.10 um dos melhores sistemas Linux que já vi!

E pra fechar a minha lista, não podia faltar o sistema que terminei 2020, comecei 2021, e que está novamente na minha máquina, correndo grande risco de se repetir como no ano anterior. O Pop!_OS, se trata de um sistema baseado no Ubuntu, que nesse momento possui sua própria interface gráfica chamada COSMIC. 
 
Daí você me diz, Riker, mas essa interface COSMIC se trata de apenas um Gnome Shell com algumas extensões e customizações. E lheu lhe respondo. Ok, até esse momento você está certo, porém essa mesma interface COSMIC será escrita em Rust e em breve, estará bem mais distante do Gnome. Isso faz parte do cuidado que a System76, empresa por trás do sistema, tẽm com seus clientes, isto é, aqueles que compram suas máquinas nos EUA. Assim a empresa quer entregar uma experiência própria para quem compra um hardware deles, não dependendo apenas do Bel-prazer da Canonical ou do projeto Gnome.

Caso queira mais informações sobre os sistemas citados acima, fiz um vídeo lá no canal, que está mais completo sobre esse assunto, e segue logo abaixo.
 
Bom, se o seu sistema favorito não esteve presente aqui nessa lista, ou ele não passou pelas minhas mãos nesse ano de 2021, ou teve pontos positivos e negativos que me fizeram deixá-lo de fora dessa lista. Claro que isso foi de acordo com a experiência que tive, cada um pode ter (ou teve) uma experiência diferente ao longo do ano.
 
Comenta ai quais sistemas te surpreenderam nesse ano de 2021, que vou gostar muito de saber a sua opinião.

Postar um comentário

0 Comentários