Instalando a Google Assistente no Linux!

 

Seja pra colocar um despertador, agendar uma tarefa, ou colocar uma música pra tocar, as assistentes pessoais virtuais estão aí pra ajudar nisso e elas vêm ganhando cada vez mais espaço na vida da gente.

E como opções de assistentes temos a Siri da Apple, a Cortana da Microsoft, a Bixby da Samsung, Alexa da Amazon e a Google Assistente do Google. Se você possui um computador com Windows, a Cortana acaba sendo "mais acessível", mas se usa um dispositivo com Android ou iOS, com certeza têm um contato maior com a Siri ou com a Google Assistente, essa última vem ganhando um espaço cada vez maior na minha vida, e por isso vou mostrar nessa matéria como habilitar a mesma no seu sistema Linux.

Google Assistente no Linux     

A instalação da Assistente pessoal da Google no seu desktop Linux se tornou possível graças ao desenvolvedor Melvin L Abraham, se inspirou por ver o recurso rodando no Chrome OS, dessa forma utilizando do SDK da Google Assistente, ele recoslveu mostrar como habilitar nas distribuições Linux. 

Para inicio de tudo, sera necessário instalar o cliente, e registrar o dispositivo que vamos utilizar o Google Assistente e então gerar um token de autenticação, sendo um pouco demorado e longo esse passo a passo, então peque sua xícara de café, chá ou chocolate, e vamos prosseguir.

Registre seu dispositivo

Na pagina Actions Console clique em "New Project" 


Aceitando o termos:

 

 

Nesse pop-up que vai abrir e vamos colocar o nome do projeto e a região em que estamos. No meu caso coloquei " Google Assistente - Manjaro" e então clique em “Create Project”.

 

Nessa página que abrir você verá algumas opções de projetos para criar.  Então vá até o final da página e vá em registro de dispositivos.

Aguarde enquanto seu projeto esta sendo criado.


 
Agora clique em "REGISTER MODEL"

E então é só preencher esse pequeno formulário, em "Product name" coloquei Google Assistente mesmo, e em "Manufacturer name" (coloquei Linux), mas pode ser a distribuição que você quiser, ou seu nome pessoal também.

Em "Device type", selecionar qualquer opção, (no caso coloquei Phone), e em Model Id, é só dar um nome ao projeto, (coloquei assistente--google-rikerlinux), e então clique em “Register Model”.

 


Agora com o modelo registrado, faça o download das credenciais OAuth 2.0.


Com o projeto criado agora precisamos configurar a tela de consentimento e pra isso será preciso entrar nessa página

Primeiro aceite os termos:

 

Clique em "selecione um projeto": 

 

E depois selecione o projeto que acabou de criar:

 

Vá na barra lateral em “APIs e Serviços” e clique na opção “Painel”.

Clique em “Ativar APIs e serviços”:


Nessa página de biblioteca de APIs. Vá na caixa de busca, e pesquise por “Assistant”.

 


Clique nela e então na página que se abrir vá e clique em ativar. 


 

Com a API já ativada, basta ir na aba credenciais e clicar na opção “Configurar tela de consentimento”.

 

Na tela que se abrir, vá em “Tela de permissão OAuth”, selecione a opção “Externo” e então clique em “Criar”.

 

Nessa tela, selecione seu email para a opção “E-mail para suporte do usuário“, e depois, vá até o final da página e adicione seu e-mail em “Dados de contato do desenvolvedor”. Após isso, clique em “Salvar e continuar”.

 


Você pode pular as próximas telas clicando em salvar e continuar. 

 


Após finalizar esta configuração, role a página até encontrar a opção usuários de teste e clique em “Add Users”.

Então adicione o endereço de email que vai usar para se autenticar. Use seu email atual, para que você aproveitar todos os recursos do Google Assistente. Caso queira você adicionar mais de uma conta, inserindo adicionando uma vírgula para separá-las. Depois disso, clique em “Salvar”.


Configurando o Google assistente no seu sistema

Agora chegou a hora de configurar o Google Assistente na sua distribuição Linux, e pra isso faça o donwload do App pela loja de aplicativos mesmo, (caso ela tenha suporte a snap) ou habilite o suporte a snap, e caso não queira baixe o AppImage da Google Assistente.

Com suporte a snap instalado no seu sistema, se ele não aparecer pela pesquisa na loja, basta usar o comando: sudo snap install g-assist --candidate
 

 

Abrindo o programa, clique no ícone de configurações no canto superior esquerdo e vá na aba de autenticação, onde está “Key File Path”, clique em “Browse” e selecione a credencial OAuth 2.0 que você baixou lá no inicio e então clique em “Save”.

 

Agora vamos deixá-lo em português, para facilitar a comunicação entre você e sua assistente, e você também pode ativar o microfone para deixar a conversa mais natural.

 

Após reiniciar, será solicitado um token de autenticação. Após isso, uma aba se abrirá em seu navegador principal, pedindo que você escolha uma conta para prosseguir com a configuração. Basta selecionar o e-mail que você configurou na tela de consentimento.

Então vai aparecer uma mensagem dizendo que o Google não verificou o app, é só clicar em continuar e seguir conforme o passo abaixo.

E então após colar  o código o e clicar em Submit ele vai reiniciar e já estará funcionando. Mas preciso avisar que até o momento não consegui ativar a opção de chamar a assistente através do “Ok Google” ou "Hey Google".

E pronto, já terá a Google Assistente em execução na sua distribuição Linux. Vai habilitar a Google Assistente no Linux? Deixe aqui o seu comentário.

Fonte:

Google Assistente on Linux

Postar um comentário

1 Comentários

  1. interessante mas muitos processos, até desanima. mas muito legal saber que existe essa possibilidade. obrigado pela matéria espetacular!!!!

    ResponderExcluir