Steam baseada no Ubuntu está chegando aos Chromebooks!

Já faz um tempo que o Chrome OS conseguiu a capacidade de executar aplicativos Linux, através da área de trabalho ou linha de comando, porém, o Google não quer parar por aí e planeja expandir esse suporte para incluir os jogos para Linux.

Segundo o site OMG!Ubuntu!, o Google está equipando o Chrome OS para rodar os jogos com um recurso chamado "Borealis" e o próprio código do projeto revela que o mesmo é uma distruibuição completa do Ubuntu. Isso mesmo, o Chrome OS executará o Ubuntu por máquina virtual integrada, porém, esta instalação não é uma instalação comum, pois, não tem a interface do usuário e já vem com a Steam pré-instalada.

POR QUE UBUNTU?

Por ser uma defensora dos jogos rodando em Linux, a distribuição recomendada pela Valve é exatamente o Ubuntu, por isso que a Google, planejando adicionar o suporte aos jogos nos Chromebooks, passará a utilizar o Ubuntu como base necessária com total suporte.

NEM TUDO SÃO FLORES...

Apesar da boa notícia, a principal desvantagem desse novo recurso é que apenas os Chromebooks equipados com processadores Intel da 10ª geração suportarão o Borealis, por conta da capacidade de processamento e desempenho gráfico.

HÁ ESPERANÇA!

É claro que tudo pode mudar, assim como o ocorrido com aplicativos de Linux, quando passaram a funcionar nos Chromebooks mais sofisticados primeiro e nos mais antigos depois. 

O fato é que ao adicionar o suporte aos aplicativos e aos jogos Linux, o Chrome OS torna-se, finalmente, útil para algo que não seja somente acesso ao navegador de internet.

A pergunta que fica é: será que com o suporte aos aplicativos e jogos para Linux, a Google estaria reconhecendo que foi um erro criar o Chrome OS? Comente abaixo!

Postar um comentário

0 Comentários