A Comissão da UE substitui WhatsApp pelo App "signal" para comunicação interna




Recentemente a UE colocou avisos nos seus murais, para ser mais preciso no mês de fevereiro, recomendando a substituição do WhatsApp pelo app Signal, um aplicativo para mensagens de código aberto, que utiliza uma criptografia de ponta a ponta. Já tendo sido elogiado por pessoas como Edward Snowden e outros ativistas, jornalistas e pesquisadores que se preocupam muito com a questão da privacidade.

Essa mudança faz parte de uma nova estratégia de segurança cibernética da UE. Em resposta ao ataques que hackers, causando o vazamento de dados de diplomatas da UE, incentivando a partir de então melhores práticas de segurança.
Foi relatado por um politico, que a UE instruiu seus funcionários a utilizar o Signal como o aplicativo público para mensagens.

Tal instrução foi colocada nos quadros de mensagens internos no início de fevereiro, com a seguinte mensagem: "o signal foi selecionado como o aplicativo recomendado para mensagens instantâneas públicas".

Também foi mencionado a vantagem do Signal:

"É como o WhatsApp do Facebook e o iMessage da Apple, porém, é baseado em um protocolo de criptografia muito inovador", disse Bart Preneel, especialista em criptografia da Universidade de Leuven. " Por ser de código aberto, você pode verificar o que está acontecendo sob o capô", acrescentou.

Mesmo que eles apenas desejem proteger sua comunicação ou impedir vazamentos de alto perfil, mudar para uma solução de código aberto em vez do WhatsApp me surpreendeu, ainda mais por não levarem em consideração o Telegram, um app que já está bem mais difundido no público em geral.
Uma Promoção merecedora!

Não podemos esquecer que entusiastas da privacidade já conhecem diversos serviços (ou alternativas) para acompanhar e implementar as mais recentes ameaças à segurança e à privacidade. Porém, com a Comissão da UE recomendando aos seus funcionários, o Signal acaba recebendo uma promoção indireta, passando a ser muito mais conhecido por usuários comuns de dispositivos móveis e computadores.

Vamos aguardar para ver o quanto esse app vai crescer após essa decisão da UE, eu já baixei o meu, mas tenho cerca de quatro conhecidos apenas na rede.
Será possível o surgimento de um rival a altura do WhatsApp? O Telegram tem ganho cada vez mais força quando o WhatsApp é retirado do ar, por qualquer motivo, ganhando muitos adeptos, mas ao meu ver, ele não emplacou como deveria.

E você, qual sua opinião sobre o potencial crescimento desse app após a medida da UE? Deixe aqui o seu comentário.

Fonte: isfoss


Postar um comentário

1 Comentários