Imagine um MacBook Pro com Linux Fedora!


Hoje venho mostrar para vocês, meu Macbook Pro, rodando o Linux Fedora, para muitos que possuem a dúvida se é possível, eis a resposta.


Para quem não sabe o MacOS foi o sistema que de uma forma ou de outra, foi a primeira opção que encontrei quando busquei uma alternativa ao Windows. E por isso tenho um respeito muito grande por esse sistema, até porque ele me despertou a paixão pelos sistemas UNIX. Mas após 2 anos que estou inserido no Linux Fedora, prefiro o Fedora ao Mac OS no uso diário, pois criei o habito de usar Linux.


Muitos devem se perguntar o porque de um Macbook para instalar Linux. Como muitos devem saber, a Apple possui uma excelente estrutura e robustez na arquitetura de suas máquinas, quanto ao designer, resistência e performasse em construir iDevices, muitas vezes a frente de nossos tempos, como foi o caso do Macintosh, do iPod, iPhone e do iPad. Porém o alto preço têm afastado muitos brasileiros de seus produtos.


Se tratando de notebooks nos dias atuais, possuímos algumas empresas de peso que podem competir de fato com essas impressionantes máquinas da Apple. E pra bater der frente com um Mac na minha opinião estão alguns modelos da Sony, Asus, Dell e Huawey (apesar de serem máquinas caras também e pouco encontradas no Brasil nos modelos que mais valem a pena).


Há quem pense e opine diferente, mas unindo beleza de designer com a tecnologia, são as minhas prediletas. E você tem todo o direito de discordar e ter as suas marcas favoritas também.


Hoje venho mostrar pra você essa máquina formidável da Apple rodando Linux Fedora





Nessa foto abaixo vocês podem ver de forma mais clara as configurações do Mac, que esta em dual boot com o MacOS Sierra em uma unidade SSD. E para surpresa de todos, o sistema Linux esta fluindo melhor do que o MacOS, não é uma diferença enorme, mas da pra notar um pequeno ganho de velocidade, desde o boot ao uso cotidiano, quando estamos no Fedora ou no Sierra.





Aqui está o MacBook Pro customizado com adesivos, minha caneca personalizada do Fedora e meu anel com o símbolo do infinito em ouro fazendo referência a logo do sistema.


Para canecas e camisas de distribuições Linux, tenho um plano de apoiadores pelo Padrim, na qual você pode saber mais acessando esse link






Imagine um MacBook Pro com Linux Fedora!


Caso você queira fazer um dual boot, você pode usar a partição  de discos do Mac, um procedimento super fácil. Mesmo com o sistema em funcionamento, você pode criar uma partição MS-DOS e na hora de dar boot, aperte a tecla option ou alt, para entrar na Bios e poder escolher a partição recém criada, para que seu pendrive bootável reconheça a partição para instalar o sistema.


Se não tiver ficado claro, nesse vídeo aqui do canal você vai entender melhor como proceder.


Aqui você pode ver o particionador de discos do Mac, em caso de dual boot basta clicar no botão + e escolher o tamanho que você preferir.





Imagine um MacBook Pro com Linux Fedora!

Espero que gostem da matéria e deixem um comentário se já pensaram ou se já instalaram o Linux em um Mac, caso sim, como foi a experiência?





Postar um comentário

6 Comentários

  1. Boa noite
    Como você trata os caracteres especiais (abnt2) no teclado do mac, até o momento só achei artigos para windows

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maycon, é só utilizar o teclado US americado Dvorak com teclas mortas

      Excluir
    2. Obrigado pela resposta mas sua sugestão não deu muito certo: deu uma bagunçada no teclado a tecla "i" ficou como "c" mas de serviu de caminho pra dar uma fuçada no mapa de teclado dos layouts proximos, por acaso o layout ingles(macintosh) foi o que chegou mais perto, consigo formar a "ç" com OPTION gr + "c", "á" com OPTION gr + "e" seguido do "a" e por aí vai

      Grato pela ajuda

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Cara, uma amigo me deu um macbook pro, disse que estava com problemas.
    Faço manutenção em notebooks de vez em quando e consegui consertar esse mac. Já fiz dual boot com ubuntu e agora ele está somente com OS Catalina, mas como ele é de 2011 e fiz instalação por patcher, estou pensando em por o Fedora nele, acredito que vai ficar bom. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Fedora 32 roda de boa nele, exceto WIFI que precisa ser instalado manualmente - não sei se é meu roteador, ou o driver pra Linux, mas achei meio instável - eventualmente trava sendo necessário reiniciar a maquina. Em post anterior comentei sobre o teclado, dá pra configurar mas é meio chato de usar pois precisa desacostumar dos atalhos do OSX (considero viciante) e acostumar-se aos fornecidos pelo mapa da distribuição

      Excluir